Mitos em nutrição

Você leu um monte de revistas, assistiu à dezenas de reportagens e ainda continua com dúvidas sobre a alimentação saudável?
Normal, foi só as pessoas entenderem como contar calorias e outros estudos começaram a surgir: termos como bons e maus carboidratos, índice glicêmico, carga glicêmica, gorduras trans dentre outros fazem minha caixa de e-mail estar sempre cheia com as perguntinhas dos leitores.
Em 2007 escrevi dois textos respondendo a algumas questões que vocês podem ler clicando aqui (para o artigo de maio) ou aqui, para mitos envolvendo o refluxo. Em junho os mitos também foram o tema do 11º podcast alimentação saudável.

Hoje resolvi voltar ao tema com mais alguns esclarecimentos. Espero que sejam úteis!

1 - Sucos naturais são super saudáveis, ou seja, posso beber a vontade

Sim, sucos naturais são saudáveis mas não podemos bebê-los à vontade! Um copo de suco de laranja fornece vitamina C, um antioxidante essencial para o combate a muitas doenças. Contudo o mesmo também é rico em calorias e de frutose (o açúcar natural das frutas). Ou seja, muito suco vai sabotar a sua dieta e ainda pode elevar o açúcar sanguíneo em pessoas com intolerância à glicose ou diabetes. .

2 - Margarina contém menos gordura que manteiga

Falso! Apesar das margarinas serem produzidas a partir de óleos vegetais ela contém praticamente a mesma quantidade de calorias. Além disso, muitos tipos de margarina possuem ainda a famosa gordura hidrogenada (ou trans) que aumentam o colesterol sanguíneo. Ou seja, utilize ambas com moderação. E, procure aquelas que contém no rótulo a inscrição "sem trans".

3 - Pão preto é mais saudável
Depende. O ideal é observar os ingredientes e não exatamente a cor. O fato da coloração do pão ser escura não significa que contenha fibras. Alguns tipos ainda contém frutose, xarope de milho e gorduras parcialmente hidrogenadas. Aprenda a ler os rótulos e escolha aqueles pães com menos gordura e mais fibras.

4 - Pratos vegetarianos emagrecem

Não necesariamente, muitos pratos com vegetais contém também molhos cremosos, queijos, farinha e óleo em grandes quantidades.

5 - Soja é um alimento milagroso

A soja é um alimento rico em fibras e substâncias antioxidantes porém para muitas pessoas são digeridas com grande dificuldade e pode também desequilibrar os hormônios do corpo. Por isto não abuse, o ideal é consumir a soja já fermentada como tempeh, shoyo ou missô.

6 - Azeite de oliva contém poucas calorias

O azeite de oliva tem muitos benefícios porém uma colher de sopa fornece 120 calorias, ou seja, o excesso poderá conduzir ao ganho de peso sim!

7 - Salada não engorda

Saladas são alimentos excepcionais, ricos em nutrientes porém cuidado com os molhos. Azeite, queijo, batata palha e croutons podem transformá-la em uma refeição hipercalórica.

8 - Bebidas esportivas são essenciais durante o exercício

Durante o exercício nosso corpo consome carboidratos, desidrata e perde minerais como sódio e potássio. Porém, tudo isto pode ser reposto com frutas, água de coco e sucos. Geralmente recomenda-se o uso de bebidas esportivas apenas se a perda de peso durante o exercício ultrapassar 2% do peso corporal.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar este blog.