Dicas de alimentação saudável

- Existem alimentos que fornecem gorduras boas (frutas, verduras, nozes, castanhas, óleos vegetais) e existem alimentos que fornecem gorduras não tão interessantes assim. As gorduras saturadas, por exemplo, estão presentes nos alimentos de origem animal (carnes gordas, leite integral) e as gorduras trans ou hidrogenadas nos alimentos industrializados (sorvetes, bolos ou tortas prontas) e aumentam o LDL sanguíneo (o mau colesterol). Devemos reduzir o consumo de gordura saturada a um nível inferior a 10% do que consumimos e, preferencialmente excluir as gorduras trans do nosso cardápio. Já as gorduras contidas em alimentos de origem vegetal como azeite, abacate, açaí e castanha do pará diminuem este colesterol ruim e aumentam o colesterol bom (HDL). Como as gorduras são substâncias imprescindíveis ao bom funcionamento do nosso organismo prefira aquelas de melhor qualidade, limitando as de origem animal.

- Consuma uma dieta rica em frutas e verduras que são ricas em vitaminas e minerais. Alimentos industrializados costumam ser ricos em sal, açúcar ou gorduras. E, mesmo quando um rótulo indicar 0% ou livre de gorduras trans, esta informação poderá ser falsa já que as indústrias não precisam declarar quantidades menores que 0,2 g por porção.

- Um dos mais potentes antioxidantes disponível na natureza é a vitamina E. A mesma previne a formação de radicais livres, o envelhecimento precoce e o câncer. Porém a dieta da maioria das pessoas é pobre na mesma. As melhores fontes são castanhas (que podem ser consumidas no lanche) e vegetais verde-escuros (que devem estar disponíveis diariamente na alimentação).

- O cálcio é um mineral importante para a mineralização óssea, para a condução nervosa e para a contração muscular. Sua deficiência pode acelera o processo de osteoporose, condição que contribui para uma pior qualidade de vida. O cálcio também está presente em vegetais verde-escuros. Uma curiosidade: o leite desnatado ou light possui mais cálcio que o leite integral.

- Cereais são importantes para nossa saúde pois fornecem energia para a prática de todas as nossas atividades diárias. Fontes incluem arroz, pão, aveia, macarrão e batatas. Cereais matinais (como granola), também são uma importante fonte de carboidratos porém escolha sabiamente visto que alguns são ricos em açúcar e sódio, podendo contribuir para o aumento de peso e/ou da pressão arterial.

- Guloseimas, doces e sanduíches não precisam ser excluídos da sua alimentação porém consuma-os moderadamente, não mais do que uma vez na semana, em pequenas quantidades e, naqueles dias em que você tiver gastado mais calorias. Já sabe que irá na pizzaria com os colegas no sábado? Então corra no parque pela manhã ou movimente-se bastante. Faça também pequenas refeições e lanches saudáveis no decorrer do dia para não chegar à pizzaria faminto comendo mais do que deveria.

Fonte da imagem: http://www.mcmaster.ca/health/med/dietitian.jpeg

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!