Cafeína piora controle do diabetes

Os estudos nessa área são controversos e uma publicação desse ano agora sugere que indivíduos com diabetes tipo 2 que ingerem 4 ou mais xícaras de café ao dia têm a glicemia (nível de açúcar no sangue) aumentada em 8% (quando comparado aos dias sem o consumo da substância), tornando mais difícil o controle da doença. O estudo foi supervisionado pelo Dr. James Lane, da Universidade de Duke (Carolina do Norte, EUA) e será publicado na edição de fevereiro da revista científica Diabetes Care.

O estudo também mostrou que após as refeições o descontrole é ainda maior: a glicemia aumenta em 9% após o café da manhã, 15% após o almoço e 25% após o jantar. O estudo não esclarece quais são os mecanismos que levam a cafeína a aumentar os níveis de glicose no sangue. As duas hipóteses são de que a cafeína interfere com a captação de glicose pelos músculos, ou que a substância aumenta a secreção de adrenalina, hormônio que aumenta os níveis de açúcar no sangue. Outros alimentos que contém cafeína e que devem ser evitados para um melhor controle do DM2 são chocolate, refrigerantes a base de cola e chá mate.

O artigo: James D. Lane, Mark N. Feinglos, and Richard S. Surwit. "Caffeine Increases Ambulatory Glucose and Postprandial Responses in Coffee Drinkers With Type 2 Diabetes." Diabetes Care, 31: 221-222.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!