A obsessão com as dietas

De acordo com estimativas do IBGE 40% dos adultos brasileiros estão acima do peso. Uma catástrofe já que até pouco tempo a desnutrição era um dos principais problemas do país. No consultório 90% dos clientes que atendo me procuram porque necessitam de uma dieta para perder peso. Ótimo não? Pessoas preocupadas em melhorar a saúde e ter uma melhor qualidade de vida. O problema é que apenas cerca de 50% das pessoas que entram em minha sala realmente necessitam perder peso! Os outros 50%, principalmente mulheres, são aqueles indivíduos obcecados por dietas ou com uma visão distorcida do próprio corpo.

É claro que qualquer pessoa pode sim melhorar a qualidade da alimentação, pode também aliar a dieta à atividade física e conseguir um corpo com um menor percentual de gordura e mais músculos mas vai dizer para a pessoa que ela não precisa perder peso! Vivemos em um país conhecido mundialmente por suas beldades mas ficar cada vez mais magro nem sempre é sinal de saúde. Já me perguntaram sobre tantas dietas e já vi tantos livros a venda que não consigo nem numerar todos os títulos mas vamos ver de quantos me lembro: dieta do abdomen, dita Atkins, dieta do tipo sanguíneo,Body for Life, dieta da sopa, dieta de Cambridge, dieta da USP, Dieta Fit for Life, combinação de cores, dieta protéica, dieta vegetariana, dieta líquida, dieta mediterrânea, dieta orgânica, dieta Ornish, macrobiótica, frutivorismo, South Beach diet, Fator-T, Vigilantes do peso, Zone etc.

É muita dieta! E mesmo assim estamos cada vez mais gordos!

Então qual é a melhor dieta? Aquela que combina com você, com seu estilo de vida, com sua genética, com sua rotina. Por isto raramente as dietas das revistas, dos livros e dos amigos funcionam contigo.

Você é único!

Estou me tornando repetitiva mas preciso dizer: aprenda a respeitar seu corpo, a se respeitar, a se gostar e se precisar de uma orientação alimentar procure-a porém estabeleça metas razoáveis. Sua ossatura, altura, conformação não é a mesma da Gisele Bündchen, portanto seja você mesmo! Não estou dizendo para não se cuidar,

quem se cuida vive mais

e com mais saúde. Valorize, entretanto, suas qualidades e pontos fortes e, ao invés de perseguir um padrão impossível, adote uma alimentação saudável que lhe dê prazer, vitalidade, energia e que se encaixe direitinho no seu dia-a-dia.

Fonte da imagem: http://static-p1.fotolia.com/photos_mini/2007-20/400_F_3287031_scaHfCjsBTmwjtC0WKcvaEXUH56lYr.jpg

Muito legal: http://museumofbeauty.biz/

Reportagem IstoÉ - Exageros pela vaidade: http://www.terra.com.br/istoe/

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!