Acabe com a celulite

Coincidentemente hoje atendi duas clientes com a mesma questão: "Como acabar com a celulite?". Esta pergunta é bem freqüentemente e fico feliz quando me procuram para dar uma ajuda já que a alimentação tem uma grande importância na prevenção e tratamento desta afecção predominantemente feminina denominada Lipodistrofia ginóide.

Além da alimentação contribuem para a instalação do quadro: fatores genéticos e étnicos, fatores hormonais e neurovegetativos, distúrbios metabólicos, ansiedade, estresse, insuficiência venosa crônica, obesidade, sedentarismo, consumo exagerado de café ou álcool, tabagismo, alergias alimentares, constipação intestinal, aumento dos níveis de homocisteína e prejuízos nas vias de detoxificação e até tratamentos para celulite inadequados.

Metas nutricionais na lipodistrofia ginóide (celulite):

- Adoção de alimentação saudável;

- Eliminação de hábitos tóxicos;

- Correção de erros alimentares;

- Melhoria da função digetiva;

- Desintoxicação do organismo;

- Suplementação de elementos essenciais;

- Melhoria da perfomance hepática e do perfil lipídico;

Tudo isto através de uma reeducação alimentar adequada e personalizada. Além da alimentação é fundamental a prática de atividades físicas moderada. Terapias complementares e fisioterápicas como ultra-som, endermologia, drenagem linfática e carboxiterapia também auxiliam no tratamento.

Terapia nutricional

Para atingir as metas nutricionais são adotadas algumas condutas:

- Substituição de grande parte dos carboidratos refinados por carboidratos complexos. Por quê? Os carboidratos refinados aumentam os estoques de gordura, aumentam o tamanho e número de células gordurosas, promovem uma resistência à insulina, e aumentam a excreção de vitaminas do complexo B e C, magnésio e cromo, enfraquece os músculos, promove fadiga e mantém o apetite por mais carboidratos. Já os carboidratos integrais ou complexos possuem mais fibras, são ricos em vitaminas e minerais e não causam as alterações anteriores.

- Dieta rica em fibras. Por quê? Auxiliam a função intestinal e equilibram a flora bacteriana, o que diminuí a pressão abdominal melhorando o sistema circulatório das pernas.

- Uso de probióticos para corrigir a disbiose intestinal. Por quê? Restaurar o ecossistema intestinal melhora o processo digestivo, aumenta a produção e absorção de vitaminas e minerais, previne a alergia, contribui para uma melhor imunidade e auxilia o processo de desintoxicação orgânica. Além do uso de probióticos é importante que o uso de antibióticos, laxantes, corticóides e antiácidos não seja indiscriminado. Com o uso de probióticos a flora é restaurada auxiliando no tratamento de alergias e hipersensibilidades, melhoria de inflamações intestinais e redução da produção de gases, azia e também correção da má absorção de nutrientes fundamentais à saúde da pele.

- Suplementação vitamínica e mineral para corrigir deficiências. Por quê? A retirada de substâncias tóxicas do organismo depende da saúde do fígado. Porém, quando os níveis de substâncias como magnésio e vitaminas do complexo B estão baixos ocorre um declínio na capacidade do órgão de metabolizar os compostos indesejáveis. Outros nutrientes que são suplementados incluem a vitamina C, a vitamina E, o zinco, enxofre, molibdênio e manganês. O consumo de chá verde também é muito interessante na detoxificação pois é rico em substâncias antioxidantes que auxiliam na regeneração celular.

É importante salientar que não existem formas mágicas e a melhoria do aspecto da pele é um processo gradual que requer constância e compromisso na adesão à práticas alimentares mais saudáveis e à atividade física. No final o ganho será não só estético mas também de saúde.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!