Feliz ano novo! Já fez sua lista de resoluções?

Copacabana2016

Olá pessoal! Feliz ano novo para todos. Desejo muita saúde, paz, harmonia, bem estar e garra para conquistar uma vida melhor para você e para todos os que ama. Amanhã muita gente volta ao trabalho e o ano começa para valer. Já fez suas resoluções?

Listas de resoluções nos ajudam a refletir sobre o ano que passou, nossas conquistas e derrotas, sobre nossos valores e metas, sobre o aprimoramento que precisamos fazer em diferentes áreas da nossa vida (carreira, saúde, vida familiar ou comunitária, espiritualidade etc). Pense em suas metas com muito carinho. Para que consiga cumprí-las o ideal é não fazer resoluções muito drásticas. Mudanças em geral são difíceis e gradativas.

Uma resolução muito popular é a perda de peso (gordura corporal). Mas tenha metas realistas. Se puder fazer com um nutricionista esportivo ou educador físico o estudo de sua somatotipia (seu tipo físico) conseguirá traçar metas mais realistas, possíveis de ser atingidas e que respeitem suas características biológicas. Lembre também que a gordura corporal acumulada ao longo de anos não sumirá em poucos dias. Seja paciente com você mesmo, parabenize-se com as pequenas vitórias.

Seguem algumas dicas se uma de suas metas é emagrecer:

1. Opte pela conveniência. Muitos brasileiros almoçam ou passam a maior parte do dia fora de casa por isto a praticidade e a rapidez ao preparar e consumir alimentos torna-se importante. Uma dieta gostosa não precisa ser complicada. Você pode ir para cozinha no final de semana e já deixar preparada a comida da semana toda (arroz integral, feijão, tubérculos, proteínas, salada). Nosso país tem ainda uma vantagem: existem muitos restaurantes a quilo que são excelentes e onde podemos selecionar alimentos saborosos e nutritivos. Opte pelo simples. Em geral, alimentos muito elaborados com queijos e molhos são muito mais calóricos. Não esqueça de levar frutas e castanhas para o trabalho pois elas são salva-vidas na hora da fome. Quem tem um gasto calórico maior pode sentir mais fome. Converse com seu nutricionista sobre outras opções como sanduíches naturais, tubérculos, tapioca, shakes... Quanto mais personalizado for para você, para sua rotina, seus gostos, suas necessidades e suas metas mais fácil será seguir.

2. Exercite-se com a família. O excesso de peso no Brasil é hoje um problema que acomete todas as faixas etárias. Crianças brincam menos na rua, usamos mais o carro, passamos muito mais tempo em frente à TV, ao computador e ao aparelho celular. Tente incluir seus filhos, sobrinhos, pais e amigos em atividades físicas e de lazer prazerosas. Consulte um educador físico em caso de dúvidas.

3. Preocupe-se com a qualidade dos alimentos que entram na sua casa. Se você trouxer chocolates e salgadinhos para casa irá comê-los, ou seus filhos irão comê-los. Se eles não estiverem na despensa alimentos mais saudáveis como frutas, castanhas, tubérculos e iogurtes serão consumidos com maior frequência. Conheça o efeito de cada alimento em seu organize-se. Observe-se.

4. Aprenda a olhar os rótulos dos alimentos. É importante que você leia o que diz na embalagem dos alimentos que consome. Mas não compare só as calorias, observe também a quantidade de minerais, vitaminas e fibras destes alimentos. Evite também 

5. Não faça dietas malucas. As atrizes da TV são lindas sim mas evite seguir as dietas propostas por elas. O melhor é procurar um nutricionista que personalizará um plano alimentar de acordo com suas necessidades. Afinal você não tem o mesmo tempo para gastar na academia nem o mesmo estilo de vida delas, não é?

6. Ao atingir seu peso saudável o trabalho não acabou. Afinal, você não quer ganhar toda a gordura corporal que eliminou. Grandes flutuações de peso são muito desgastantes fisiológica e emocionalmente. Se precisar de mais ajuda procure você também pode procurar uma terapia, uma filosofia, um grupo de apoio ou de estudos. Priorize-se em 2016!

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!