Shakes, herbalife e congêneres: como fica sua saúde?

Todo mundo sabe que uma alimentação saudável é essencial para a saúde. Porém somos bombardeados por tantas informações que às vezes fica difícil saber por onde começar. Outro dia o Dr. Cláudio Lima perguntou a minha opinião sobre os shakes e complementos alimentares do tipo herbalife. Para responder a esta pergunta é importante saber que existem vários tipos de complementos alimentares: shakes de proteína e emagrecedores, cápsulas vitamínicas e minerais; alimentos para praticantes de atividades físicas e alimentos específicos para certas doenças.

No caso dos shakes, os mais procurados são os emagrecedores. Em média fornecem entre 200 e 300 calorias. Por isto, ao substituir uma refeição (que pode variar entre 500 e 1500 calorias), acabamos emagrecendo. Já os shakes hiperprotéicos fazem sucesso entre os malhadores e sua função é dar suporte à dieta daqueles que querem um aumento de massa muscular. O problema destes complementos é que não fazem milagres. Ou seja, não importa que estilo de vida e idade você tenha. Aprender a comer corretamente é essencial. Não adianta tomar shake emagrecedor, seja lá de que empresa for, em um horário e nos outros comer tudo errado. Você acabará enjoando dos produtos e mais: ao voltar ao seu padrão alimentar habitual recuperará todo o peso perdido. Por isto, invista em uma reeducação alimentar (com ou sem shake) pois só assim terá a garantia de que sua saúde sairá ganhando e que seus quilinhos perdidos não retornarão. O mesmo se dá com os complementos de proteína. Eles também não são essenciais. Podemos adquirir toda a proteína que necessitamos com uma dieta balanceada. A vantagem dos shakes está na sua praticidade. Você pode consumí-lo com facilidade em qualquer local, mas cuidado: o mesmo não contém todos os nutrientes que necessitamos por isto não vale ficar sem consumir frutas, verduras, boas fontes de cálcio, proteínas e gorduras saudáveis só porque começou a tomar um complemento alimentar!

Além disto sempre consulte um profissional habilitado. Este será capaz de fornecer dicas preciosas para que sua dieta não fique monótona, desestimulante, ou deficiente em nutrientes essenciais. Não tome também vitaminas e minerais por conta própria. O excesso e o desequilíbrio podem trazer vários prejuízos à sua saúde. Seu nutricionista pode também ajudá-lo a escolher a melhor marca, se for o caso, ou mesmo fornecer uma receita para que prepare um complemento mais barato em sua própria casa.

+ O que os nutricionistas pensam dos suplementos tipo herbalife

 

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar este blog.