Transtornos alimentares

Os transtornos alimentares estão presentes em 3,2% das mulheres adultas e jovens, sendo a bulimia e a anorexia os mais conhecidos. Porém outros distúbios são comuns. Veja:A anorexia nervosa caracteriza-se por uma perda de peso acentuada e intencional em consequência de dietas extremamente restritivas, por uma percepção distorcida da imagem corporal, por um medo intenso do ganho de peso e por ausência de ciclos menstruais regulares. Modelos e bailarinas são grupos de risco em decorrência de sua demanda profissional.

Para a academia de distúrbios alimentares (AED, 2006) indústria da moda não causa diretamente a anorexia ou outro transtorno alimentar, mas contribui fortemente para a percepção cultural de beleza. Tendo isto em vista e com o propósito de evitar os transtornos, a Espanha, em 2006, proibiu o desfile de modelos com IMC < 18 Kg/m², em um importante evento de moda.A bulimia nervosa é um transtorno alimentar caracterizado por episódios periódicos de compulsão alimentar seguidos de comportamentos compensatórios inadequados, com o objetivo de evitar o ganho de peso.

A indução de vômitos e o uso de laxantes e diuréticos são práticas compensatórias da bulimia do tipo purgativo e a prática de jejuns ou atividade física excessivos são característicos do tipo não purgativo. Nem todos os pacientes apresentam as características típicas da anorexia e da bulimia. Por isto uma outra categoria foi criada e denominada Transtornos alimentares sem outras especificações (TASOE). Episódios recorrentes de compulsão alimentar podem estar presentes associados a características como comer muito rápido e geralmente sozinhos.

Considerado um tipo de TASOE, o transtorno da compulsão alimentar periódica é caracterizado pela ingestão de uma grande quantidade de alimentos em um período de tempo delimitado (até duas horas) e é acompanhado de uma sensação de perda de controle sobre o que se come ou o quanto se come. Diferentemente da bulimia, geralmente os indivíduos não se engajam em comportamentos compensatórios para controle do peso, por isso tem um peso que é usualmente maior do que o dos pacientes com bulimia ou anorexia.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar este blog.