Protegendo seu coração

Alguns fatores aumentam o risco cardiovascular. Tenha-os em mente e melhore sua qualidade de vida:
- Sedentarismo: O sedentarismo aumenta o risco de doenças do coração por isso vale a pena iniciar uma atividade que lhe agrade. A atividade física beneficia o organismo ao aumentar o consumo calórico ajudando na manutenção do peso, auxiliando assim na prevenção dos cânceres de cólon, últero, cólon e mama. A atividade regular também fortalece os pulmões, o coração, os músculos e prevene a perda de massa óssea. Além disso o exercício também ajuda a combater o estresse e melhora a alto-estima.
- Fumo: Você sabia que pessoas que fumam tem um risco até seis vezes maior de sofrer um ataque cardíaco quando comparados a não fumantes? Se você fuma procure ajuda para parar pois o abandono do hábito reduz significativamente o risco cardiovascular.
- Excesso de peso: Aumenta as chances de sofrer doenças cardiovasculares. A boa notícia é que a perda de apenas 5 a 10% de seu peso atual já reduz significativamente o risco de uma doença coronariana.
- Controle a pressão arterial: A hipertensão aumenta o risco de derrame, doenças renais e doença arterial coronariana. A pressão sanguínea pode ser totalmente controlada através da prática regular de atividade física, da perda de peso, da diminuição do consumo de álcool e de alimentos ricos em sódio. Para algumas pessoas também pode ser necessário o uso de alguma medicação.
- Controle seu colesterol: O colesterol alto pode aumentar as placas gordurosas em suas artérias, podendo levar a um bloqueio que culmina com o ataque cardíaco. Se você tem mais de 20 anos e nunca checou seus níveis de lipídios séricos vá à seu médico e converse sobre o pedido do lipidograma completo. Para diminuir seu colesterol faça atividades físicas regularesm, consuma menos gordura saturada e gordura trans e mantenha seu peso na faixa ideal para sua idade e estatura.
- Controle o diabetes: O diabetes aumenta grandemente o risco cardiovascular. Muitas pessoas em risco para o desenvolvimento da doença pode retardá-la através da adoção de um estilo de vida mais saudável. Se você é diabetico, controle sua glicemia frequentemente.
- Escolha alimentos pobres em gordura saturada, gorduras trans, colesterol, açúcar e sal.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar este blog.