A dieta e o espessamento do sangue

Você sabia que a qualidade das gorduras que você consome influem na viscosidade do seu sangue? Pois é, quando certas gorduras estão circulando em níveis muito altos, acabam tornando o sangue mais grosso. Esse espessamento dificulta a oxigenação do cérebro e de outros órgãos, prejundicando suas funções. Gorduras que tipicamente aumentam a viscosidade sanguínea são os triglicerídeos e o colesterol. Já gorduras de boa qualidade previnem este processo. Algumas estratégias para evitarmos o espessamento e muitas doenças crônicas incluem:

- manter o peso adequado para sua idade;

- manter os níveis de triglicerídeos dentro da escala normal. Para tanto não abuse dos carboidratos simples e do álcool. Prefira sempre consumir cereais integrais (pães, massas) e não consuma açúcar em excesso;

- mantenha o colesterol sanguíneo e as gorduras saturadas sobre controle (observe os valores do seu colesterol mau, ou LDL-c). Não consuma alimentos de origem animal (carnes, laticínios integrais e ovos), em excesso;

- aumente o colesterol bom (HDL-c), praticando mais atividade física e consumindo ácidos graxos ômega-3, presentes em peixes e óleo de canola, principalmente;

- não consuma mais que 20 a 30% de gorduras diariamente.

Se precisar de ajuda, consulte seu nutricionista.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!