Combinação de tomate e brócolis tem efeito protetor contra o câncer de próstata

Novo estudo reafirma que a combinação de tomate e brócolis tem efeito protetor contra o câncer de próstata, em ratos. Referência: Canene-Adams, K. Lindshield, B.L.; Wang, S.; et al. Combinations of Tomato and Broccoli Enhance Antitumor Activity in Dunning R3327-H Prostate Adenocarcinomas Cancer Research 67, 836-843, January 15, 2007.

O consumo de dietas contendo de 5 a 10 porções de frutas e verduras por dia é uma das principais recomendações da saúde pública para a prevenção do câncer, porém este conceito não havia sido testado em modelos experimentais. Este estudo publicado em janeiro de 2007, por um grupo de pesquisadores da Universidade de Illinois, nos EUA, avaliou a combinação de uma dieta a base de tomates e brócolis em ratos do sexo masculino com propensão a câncer de próstata (modelo Dunning R3327-H). 207 ratos foram alimentados com diferentes combinações de tomate e brócolis ou suplementação de licopeno em dosagens que variavam de 23 a 224 nmol/g de dieta), por cerca de 22 semanas. As dietas foram iniciadas 1 semana antes dos implantes de células cancerosas nos animais. A suplementação com licopeno reduziu o risco de câncer em 7 a 18% (não significativo), a dieta a base exclusivamente de tomates reduziu os tumores em 34% (P < 0.05), e a base de brócolis em 42% (P < 0.01). Já a combinação de uma dieta com 10% de brócolis e 10% de tomate reduziu o peso do tumor em 52% (P < 0.001). As reduções no crescimento dos tumores foram associadas com a redução da proliferação e aumento da apoptose. Resultados tão positivos quanto este só são encontrados quando os animais são castrados.

Comentários: A combinação tomate + brócolis foi mais eficiente na redução do crescimento tumoral, provavelmente devido aos diferentes compostos bioativos encontrados em cada alimento. Estes compostos parecem agir em rotas metabólicas diferentes, proporcionando um melhor efeito no combate ao câncer. Assim, o postulado dieta saudável é uma dieta variada, continua valendo. O governo brasileiro recomenda uma ingestão de 400 g de frutas e hortaliças ao dia como parte de uma dieta saudável. Para homens que querem prevenir o câncer de próstata, uma porção destes alimentos poderá vir de alimentos da família das crucíferas (como brócolis, couve-flor e espinafre), e de alimentos ricos em licopeno (tomate ou molho de tomate, melancia e goiaba, por exemplo).

Artigo publicado também no site vp online com permissão da autora.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar este blog.
Tags